A nossa História

O grupo Quase na Cidade nasce da vontade de querer fazer diferente na restauração em Portugal. Em funcionamento desde 2015, conta com três espaços abertos com conceitos e ofertas distintas.
Em todos e desde o início, o foco passa pelo detalhe. A decoração adapta-se naturalmente ao espaço e ao conceito criado a partir das intenções do Chef Manel Perestrelo. Desde a escolha dos produtos, passando pela confecção e acabando na apresentação dos pratos, tudo é pensado e trabalhado ao pormenor. Queremos unir a cozinha, ambiente e imagem numa linguagem única para proporcionar uma experiência única.

Tudo começou com o Salmora, um novo conceito de Live Kitchen, com uma carta de partilha e uma experiência gastronómica à volta de uma cozinha em plena acção. Uma variedade de sabores do mundo, que vieram animar os finais de tarde e noites de Vilamoura.

Em 2017, abrimos as portas do Moço dos Croissants, no bairro de Campo de Ourique em Lisboa. O croissant de manteiga, confecionado de forma artesanal, num processo que demora cerca de 60 horas, é o verdadeiro guilty pleasure deste espaço. Um revival nostálgico das croissanterias dos anos 80 que não vai querer perder.

O Qura é o primeiro restaurante do grupo em Lisboa. É um pequeno restaurante no bairro de Campo de Ourique que remete para o convívio à mesa. A comida representa o que há de melhor em Portugal, apresentada de uma forma reiventada, com o vinho frisante rosé Qura a acompanhar cada momento.


Chef Manel Perestrelo

Manel Perestrelo é o chef que dá vida a todas estas ideias. A sua paixão pela cozinha reflecte-se não apenas no rigor que aplica na seleção e manuseamento dos produtos, mas encontra-se também no prazer de criar conceitos com uma identidade própria para cada espaço e experiência gastronómica.

No seu percurso frequentou o curso de Gestão de Empresas, mas rapidamente percebeu que o seu futuro ia passar pela cozinha.

Conta com passagens internacionais por Barcelona na cozinha do restaurante Hofmann (1 estrela michelin); em Londres passou pela cozinha experimental de Heston Blumenthal no “Lab” do The Fat Duck (3 estrelas Michelin) . Em Portugal trabalhou para José Avillez nos restaurantes Cantinho do Avillez e Café Lisboa.

Em 2015 abre o Salmora, um desafio que nasce de uma vontade de mostrar uma cozinha em movimento, com uma carta baseada na partilha e inspirada nos sabores dos sítios por onde viajou.

Em 2017 inaugura o Moço dos Croissants, um espaço onde dá a conhecer o verdadeiro croissant de manteiga.

No princípio de 2019 abre o Qura, um pequeno restaurante em Campo de Ourique, onde pretende recriar o convívio à mesa. Pratos portugueses reinterpretados, acompanhados de um vinho rosé, produzido em parceria com um produtor amigo de longa data.